Blog

É POSSÍVEL ANALISAR AS FOTOS DO PERFIL DE UMA PESSOA PRA SABER O QUE ELA REALMENTE EXPRESSA SER?

Fala galera! Sou Vitor Santos especialista em Linguagem Corporal, perito técnico das expressões faciais, certificado internacionalmente pelo Paul Ekman Group, investigador profissional pela CODI-SP e criador do maior canal de Linguagem Corporal do Mundo, o Metaforando.
E hoje vou falar com vocês sobre a possibilidade em analisar a Linguagem Corporal de uma pessoa através das fotos que ela posta nas redes sociais. Você deve estar se perguntando, mas isso é possível? Conseguimos identificar se a pessoa é boa ou ruim, desonesta ou mentirosa através de fotos? Eu te respondo que não.  NÃO dá pra saber exatamente isso, não existe na literatura científica ou artigo científico específico validando o método de analise por meio de fotos, portanto não se analisa fotos, porque é preciso observar o movimento e as expressões da pessoa analisada. Por exemplo, você tem uma foto de uma pessoa fazendo desprezo, mas ela pode muito bem ter escolhido posar com aquela expressão, sendo assim não posso classifica-la com postura de superioridade pelo simples fato de tal expressão. Lembrando que uma micro expressão facial é um processo que dura no máximo até um segundo e meio, e mesmo em minhas análises por vídeo quando codifico uma expressão facial, eu só posso dizer o que a pessoa estava sentindo naquele momento, e não descrever toda a personalidade da pessoa, portanto não indico análises por fotos.

MAS EIS QUE SURGE UMA LUZ NO FIM DO TÚNEL, FIQUE DE OLHO NAS DICAS:

Porém, tenho umas pontuações interessantes para contar para vocês que podem ajudar a teorizar a partir de fotos. A gente não consegue ir muito fundo como personalidade, histórias de vida da pessoa, mas podemos observar algumas pautas que são interessantes. Se a pessoa escolheu tirar foto e colocar aquela expressão na foto, no mínimo ela julga isso interessante e você pode, por exemplo, usar essa informação pra conversar com ela e usar essa informação na hora do bate papo. Primeiro ponto, observando uma foto de perfil ou o feed de uma pessoa, se atentar a frequência do tipo de foto que ela posta, se é um padrão que se repete, aquilo que ela escolhe mostrar nas fotos, por exemplo: ela escolhe mostrar mais o rosto ou mais o corpo, ou determinada parte do corpo. Falando em mulheres, algumas gostam de exibir fotos que enquadram mais o busto, para deixar os seios mais a mostra ou os glúteos avantajados. E já alguns homens preferem tirar fotos sem camisa focando ali na linha do peitoral ou bíceps, e por aí vai.

OLHA AÍ AS INFORMAÇÕES QUE VOCE OBSERVA TE AJUDANDO NAS CONVERSAS.

Basicamente, o que isso pode significar para gente? Se a pessoa mostrar mais o rosto nas fotos, ou escolhe mostrar mais o corpo, ou determinada parte do corpo, isso pode “dizer” que ela tem orgulho e acha interessante fotos que mostrem e valorize seu corpo. Isso lhe dá uma informação na hora em que for conversar com essa pessoa, se ela gosta mais de mostrar o corpo, por exemplo, ela deve gostar de academia, tem disciplina em treinos, tem cuidado com a estética, e você já tem um assunto em pauta quando for falar com essa pessoa com um ponto positivo nesta conversa.

Segundo ponto, você pode observar os são os locais onde essas fotos foram tiradas. Onde essa pessoa geralmente tira foto com maior frequência? Na escola, faculdade, trabalho? Ou são fotos aleatórias, como uma foto na rua? Ou são fotos sempre em festas e balada? Tem fotos conceituais, ou uma coisa mais “tumblr” fotos de viagens pela Europa, França? Isso pode te ajudar a formar uma imagem da preferência dessa pessoa, te mostrando aquilo que faz parte da rotina dela nas fotos ela prioriza, como por exemplo, pode ser o trabalho. A abordagem para ela deve ser voltada para área profissional dela. Sempre viajando?  Abordagem e assuntos de viagem lhe renderão longas conversas, de repente até sugerir uma viagem juntos, além disso, você vai entender onde essa pessoa passa mais tempo, ou seja, onde ela acaba tendo mais contato. Assim você vai entendendo a linguagem dela, se você tem que falar com ela de uma forma mais coloquial, se ela é uma pessoa que passa mais tempo na faculdade ela vai ter outro tipo de mentalidade de alguém que passa o maior tempo em festas e, você vai até entender como você abordará essa pessoa, o que vai funcionar com ela e o que não vai funcionar.

Terceiro ponto, com quem essa pessoa tira essas fotos. Na maioria ela está sozinha, tipo self? Ou está sempre em família, faz questão de mostra o pai, a mãe e os irmãos, amigos próximos ou ela está na maioria das fotos na balada com os amigos de festa ou amigos de sala da faculdade?  Enfim, com quem ela tira essas fotos pode fornecer pra você informações sobre o convício social dessa pessoa, com quem ela mais se relaciona. Veja, posta mais fotos com os pais? Valoriza muito a família! Com os amigos?  Valoriza amizades e tem um ciclo vasto de amigos, às vezes você pode conseguir um bom dialogo com ela primeiro ficando amigo de um amigo dela, e vai assim cada vez mais entendendo o tipo de convívio social que ela prefere.

 

Quarto ponto, como é a Linguagem Corporal dessa pessoa quando ela está com outras pessoas em foto. Por exemplo, se ela está sempre perto de determinada pessoa, em todas as fotos ela está ao lado daquela mesma pessoa, (observar a proxêmica dela em relação a outras pessoas nas fotos) ou o contrário, ela sempre mantem distância de determinada pessoa nas fotos? Trabalhei num caso uma vez, onde estava analisando o comportamento de dois funcionários,  e a hipótese era que eles estavam tendo um “caso” dentro da empresa. Embora todas as linhas de investigação que trabalhei sempre tinha a foto de funcionários da empresa, os dois costumavam aparecer lado a lado, e ficavam mais afastados dos outros funcionários. Porém, ele e ela estavam sempre bem próximos um do outro nas fotos,  isso me fornecia um tipo de informação e eu conseguia entender, por exemplo, que eles tinham uma certa intimidade e se sentiam confortáveis com o contato físico, como os braços colados mostrado nas fotos sem que ninguém precisasse me falar.  

Ultimo ponto, expressão facial na foto. Como já disse, não tem como analisar uma expressão numa foto porque a pessoa vai posar pra foto, numa self por exemplo, e ela faz desprezo, não dá pra afirmar que sentiu desprezo naquele momento porque ela ficou segurando aquela expressão por muito tempo, já passou do time do protocolo Scans e de um critério de uma micro expressão facial genuína, mas você pode entender qual a frequência com que ela posta fotos com a mesma face. Por exemplo, ela está sempre séria? Sorrindo? Sempre fazendo desprezo? Essas informações geram um outro tipo de investigação, você pode por exemplo perguntar para esta pessoa, tipo: “- Nossa você está sempre sorrindo de maneira sincera, seu sorriso parece genuíno de onde vem tanta felicidade?”  Por mais que a pessoa nunca esteja feliz quando tira essas fotos, você vai chamar a atenção dela com esta colocação, ela pode pensar: “Opa alguém prestou atenção em mim.”  Lembrando que isso não vai te dar um histórico de vida da pessoa, certo?! Não dá pra afirmar isso cientificamente através de fotos, mas não deixa de ser uma informação curiosa, porque sempre ela tira fotos sorrindo? E se você for próxima dessa pessoa e tiver a chance de questioná-la em uma conversa, você pode levar mais a fundo essa pergunta e até mesmo vir a descobrir outras coisas particulares dessa pessoa, tudo porque ganhou a confiança dela observando suas postagens. Comece a observar mais!

Obrigado pessoal, espero que tenham gostado das dicas de observação em fotos e o que elas podem nos “informar” se aprendermos a observar! Até o próximo post.

Abraços – Vitor Santos

 

Você também pode gostar

1 Comentário

  1. Legal! Gostei da postagem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em:Blog