5 SINAIS DA ATRAÇÃO.

Quais são os cinco sinais de linguagem corporal que apontam de que uma pessoa realmente está te querendo?

Hoje vamos falar sobre um tema que muita gente pede no canal Metaforando, os sinais de linguagem corporal que podem ser utilizados na sedução, vamos então para esse tema empolgante que é a linguagem corporal da sedução.

O primeiro alerta aqui é que você não deve levar tudo ao pé da letra, vários pesquisadores como Paul Ekman, Roland Tompakow, Pierre Weil, Aldert Vrij, Cliff Lansley, Pamela Meyer, vários pesquisadores falam que linguagem corporal é algo que precisa ser contextualizado, não pegue um sinal especifico sem levar em conta o contexto, e achar que ver esse ou aquele sinal aponta para isso, ou aquilo, e tirar assim conclusões precipitadas tipo: “a pessoa quer meu corpo nu numa tabua”, não! Não vai nesse tá?

Vamos falar daqueles sinais que ocorrem durante o ato da paquera, do chaveco, mas são sinais que você precisa levar em conta no contexto, você precisa analisar a situação como um todo e não olhar para a pessoa porque ela mexeu no cabelo e já “chegar junto” nela, calma lá!

Os sinais que vou passar aqui são reguladores, vão te dar um guia de que nível que está a aproximação daquela pessoa com você, se você vê vários sinais desses que eu vou falar hoje, com uma frequência muito grande, é muito provável que aquela pessoa de fato quer que você vá até ela, quer uma aproximação, ou seja, ela está atraída por você, mas lembrando, olha o contexto e não avance o sinal, beleza?!

ENTÃO VAMOS AOS SINAIS:

O primeiro deles é o toque ou os TOQUES NAS ZONAS ERÓGENAS do nosso corpo, as zonas erógenas são descritas por vários pesquisadores, principalmente pelos psicanalistas como regiões do nosso corpo que estariam intimamente conectadas com iniciação de respostas sexuais, ou seja, seriam as partes do corpo que se você tocar faz aquela coceguinhas que depois dos 15 não é mais coceguinhas.

É comentado no livro O Corpo Fala de Pierre Weil e Roland Tompakow, que nós possuímos regiões do nosso corpo que estão mais associadas a respostas sexuais, ou seja, se você está tocando naquela pessoa, naquelas regiões, ou se a pessoa está tocando em você nessas regiões, poderia estar associado a uma linguagem de tensão sexual, por assim dizer.

Uma pesquisa recente também chamada, Topography of Human Erogenous Zones, mostra para gente os principais pontos que estariam associados ao toque que libera respostas sexuais. Basicamente como vocês podem ver as regiões mais quentes, são as regiões que estão mais propensas a deixar a outra pessoa, com desejos.

Regiões essas mais evidentes como, por exemplo, o pescoço, as orelhas, no caso das mulheres, a região próxima aos seios, a região interna das coxas, próxima da região da altura do quadril, da cintura.

No caso dos homens temos os braços, o peitoral, da parte das costas, tanto os homens como as mulheres, tem uma região próxima aos Glúteos que é bem associada a respostas sexuais, tem a parte de trás da perna, à panturrilha, a posterior da coxa, e fica aqui um alerta, não chegue tocando no corpo do outro sem permissão, isso é crime, mas como eu falei esses sinais nessas regiões, podem ocorrer ali durante uma tensão sexual, então se a pessoa começar a te tocar com frequência e você está autorizando e está gostando desse toque e você estimula o toque nessas regiões, pode ser que você esteja provocando respostas que direcionem para uma relação sexual, por assim dizer.

O segundo sinal muito claro é a FREQUÊNCIA DO TOQUE independente dele ser ou não praticado na zona erógena, a frequência do toque diz muito, basicamente quando eu gosto de uma pessoa, quando eu quero ter mais contato com algum objeto, alguma situação, alguma pessoa, eu quero gerar mais impressões sensoriais, então uma tendência muito grande quando uma pessoa está gostando de você, quando ela está se sentindo atraída, é querer ficar tocando em você, tem pessoas que gostam de tocar, dar aquela “seguradinha” que é conhecida como toque hipnótico, então independente da pessoa ficar tocando ou não em uma zona erógena, se ela ficar com uma frequência de toques muito elevada, ela pode sim, estar demonstrando que ela quer mais informações táteis sobre você, vale uma ressalva, tem pessoas que já tem um habito muito grande de tocar, sair tocando, por exemplo, quando eu estava na Paraíba, se eu não me engano, e lá, era muito cultural esse negócio do toque, e que não necessariamente qualquer pessoa estava atraída por mim, então preste atenção na linha de base, lembra o que eu falei contexto! Mas via de regra, se no contexto for tudo certo, e a pessoa ficar tocando em você toda hora, quer dizer que ai tem coisa, você pode retribuir o toque ou já tentar direcionar a conversa para algo um pouco mais íntimo se for de seu interesse.

O terceiro sinal é o AUMENTO DOS GESTOS MANIPULADORES OU AUTO-PACIFICADORES, é descrito em artigos como, por exemplo, Movements with Precise Meanings, do Paul Ekman, do Cliff Lansley, é escrito também em Telling Lies que quando uma pessoa fica um pouco mais ansiosa, um pouco mais nervosa, é comum que ela comece a se alto manipular, exibir o alto toque, que pode ser desde massagear as costas das mãos, coçar o dedo, alguma parte do corpo, pescoço, ou até mesmo ficar ajeitando a roupa, ficar se ajeitando, jogar o cabelo, isso pode ocorrer quando a pessoa está um pouco ansiosa, e geralmente essas respostas podem ocorrer quando uma pessoa está mentindo também, no caso da paquera e da sedução, quando alguém fica ansioso, isso pode demonstrar, conforme a escritora Pamela Meyer pode mostrar em Lie Spotting, que essa pessoa está ansiosa por conta da sua presença, ou seja, se uma pessoa se importa com você, se ela se sente atraída por você, ela tem uma tendência a ter uma resposta de ansiedade quando ela te vê, então observa essa pessoa, ela está lá tranquila no canto dela e quando ela olhou para você, ela começa a se alto pacificar, arrumar o cabelo, arrumar a roupa, quer dizer que alguma coisa com você, ela encanou e fica preocupada se a aparência dela está bacana, porque ela se importa com a sua opinião, mais um sinal ai de atração, beleza?!

O quarto sinal é o direcionamento do quadril, no livro O Corpo Fala, uma abordagem é apresentada sobre as vidas instintivas que no caso seria representado pela região abaixo do tórax, a cintura, o quadril, essa seria na teoria composta pelo Pierre Weil e Roland Tompakow, a região mais instintiva, por isso quando se tem uma movimentação corporal nessa região da barriga, por ser associado a algo mais instintivo do homem, e não muito racional, por exemplo, uma pessoa que está com muita fome, uma tendência dela é entrar num lugar e apontar o quadril, a barriga na direção da comida, a pessoa para e fica olhando porque ele está interessado naquilo, e outra tendência que você pode observar, é também em pessoas com interesse, até mesmo interesse sexual, é virar o quadril, direcionar o quadril na direção da pessoa que ela está interessada, isso pode acontecer muito, inclusive tem até uma resposta das pernas que é bem comum, se você estiver sentado conversando com uma pessoa que você tem interesse, não só interesse afetivo, até um interesse maior como, por exemplo, uma tensão sexual, há uma tendência da sua perna, seus joelhos se direcionarem para a direção dessa pessoa, isso é abordado também nos capítulos mais próximos do fim do livro O Corpo Fala, onde traz uma espécie de dicionário um livro de sinais não verbais, e um sinal muito chamativo em atração em linguagem corporal da atração, é justamente o direcionamento do corpo, isso significa que a pessoa está dando atenção para aquilo que ela direciona, e se o quadril estiver direcionado e apontado, ou se a pessoa estiver requebrando o quadril, fizer algum tipo de molejo no quadril, pode ser também que ela esteja querendo chamar sua atenção.

   Eles citam alguns exemplos no livro, como uma mulher que percebe que está sendo vista por uma pessoa que ela gosta, aí ela sai do ambiente dando uma rebolada para chamar atenção daquela pessoa, e lembrando, não é porque uma mulher saiu rebolando que ela quer alguma coisa com você, lembra-se do contexto.

O quinto e último sinal é a sustentação do olhar, Henrik Fexeus fala no seu livro “A Arte de Ler Mentes”, sobre como gerar persuasão e até mesmo simpatia, empatia em outras pessoas, é falado sobre a oculesica, a ciência que estuda a zona de interesse visual, e ele fala sobre a sustentação do olhar, pessoas quando querem paquerar ou quando gostam do que estão vendo, tendem a demonstrar interesse com a frequência do olhar e a sustentação do olhar, quando eu gosto de alguma coisa, meus olhos vão à direção daquela coisa, se eu entrar em uma livraria, numa locadora, e tiver o gênero que eu gosto mais de filme, de livro, a tendência é que meu olhar vá diretamente para esse gênero e eu fique focado naquilo ignorando todo o resto, e ai que está uma dica prática, se você está no dia a dia, na escola, numa festa, em algum local que tem uma pessoa que com frequência, os olhos dela se voltam para você, esse é um grande sinal de que ela está interessada, se ela ficar sustentando o olhar então, quer dizer que o interesse é bem elevado.

Bom pessoal, essas foram nossas 5 dicas da atração, para você que está tentando saber se sua paquera está mesmo a fim. Obrigado e até o próximo post.

Abraços – Transcrição – Equipe Metaforando.

Deixe uma resposta