Sem categoria

Não saber DISSO aumenta sua ansiedade…

Você conhece seus medos? Suas fobias? Sabe quais coisas te deixam mais ansioso? Estude sua mente, e seja menos ansioso!

Você saberia dizer agora, neste momento, quais são as 3 coisas que te deixam mais ansioso? Parece uma pergunta comum, mas é extremamente importante sabermos disso. No assunto de hoje vamos falar um pouco sobre ANSIEDADE na visão do especialista em Linguagem Corporal Vitor Santos.

Muitas vezes vivemos nossa rotina sem detectar estímulos potencialmente estressantes e alguns livros trazem a ideia de que geralmente os estímulos são os mesmos quase sempre, ou seja, você passa uma vida inteira sentindo raiva, sentindo medo ou ficando ansioso por conta dos estímulos bem-parecidos de quando você era mais novo, a diferença é que quanto mais tempo você fica sem investigar esse processo, sem, por exemplo, fazer um tratamento através de terapias ou sem se questionar, criticar os pontos, maiores serão as chances de você acabar espalhando essa bagagem emocional para outras áreas de sua vida, imagine assim, uma pessoa quando criança passou por uma situação em público que a deixou extremamente constrangida, envergonhada e nervosa e aquilo ficou marcado em seu emocional de uma maneira tão forte que ela hoje tem sentimentos parecidos em cenários e situações semelhantes aquela de outrora.

 

Segundo pesquisadores se você passar uma vida inteira sem investigar esse tipo de fobias, esses estímulos sem tentar entender quais são as coisas que te deixa ansioso, a tendência é que você acabe aprendendo novas formas de sentir vergonha, constrangimento e ansiedade, imagine assim; você lá na infância teve uma apresentação na escola, uma situação em público que te deixou envergonhado, em teoria você deveria se sentir envergonhado em contextos em público onde varias pessoas estão focadas em você, no colégio ou em uma apresentação em público, a tendência é que ao passar dos anos você se sinta envergonhado com estímulos similares, por exemplo, falar em público, mas na internet falar com outras pessoas em uma chamada de vídeo, não necessariamente num contexto onde está acontecendo uma apresentação, mas o fato de falar em público, com desconhecidos, já te deixará nervoso, outra situação seria você fazendo uma compra em uma loja e ter que conversar com o vendedor, isso pode te deixar ansioso, desconfortável.

Perceberam como fica complicado, quando não investigamos um estímulo? Ele vai espalhando aquela sensação de ansiedade, de medo para várias outras coisas que você nem imaginava que sentiria isso naquela situação. Uma das coisas importante é tentar entender momentos, ou seja, tópicos que te deixam mais ansioso em seu dia a dia e assim com essas informações definidas e anotadas ficará mais fácil você lidar com isso, por exemplo, anotou que fica mais ansioso ou com medo em contextos onde tenha que conversar com desconhecidos, então você vai pesquisar contextos nesse formato em livros ou artigos que mostram como conversar com desconhecidos, que fale sobre timidez em fim aquilo que desestabiliza o seu emocional, se puder procure um profissional e faça uma terapia.

Você entendendo isso, já diminui as chances de você ter uma crise de ansiedade e quando for passar por situações que você já entendeu e já pesquisou já tem certo conhecimento de causa, e entende agora como ela funciona, da próxima vez você pode evitar que outra situação acabe aprendendo essa mesma sintomatologia. Mas é importante fazer a anotação o B à Bá da situação listando os sintomas e as causas, tipo: 1-Conversar com desconhecido: deixa-me desconfortável e ansioso – pequisar e assim por diante. Uma boa dica seria treinar isso, essa situação simulando uma conversa com um desconhecido, ou chama um colega que não seja tão próximo para um café e uma conversa, vá escalando uns exercícios assim um pouco mais difíceis a cada vez, para que você evite que isso aconteça em outra situação e para que você consiga lidar especificamente com essa área, e se por um acaso em algum momento você estiver e, uma tarefa como, por exemplo, conversar online com alguém que tenta lhe vender algo ou em algum contexto que você quer obter uma informação, você vai lembrar lá daquele gatilho inicial e pensar, porque estou ficando nervoso aqui? Rapidamente você já vai saber que tem aquele gatilho emocional que quando conversa com desconhecido acaba ficando nervoso.

O mero fato de você se conhecer e saber esses pontos já te ajuda a ficar menos ansioso e lidar melhor com a situação na hora em que esse gatilho estiver sendo ativado. Então vale a pena você nomear as coisas que te despertam tais gatilhos e pesquisar sobre elas em livros, artigos, vídeos na internet e assim terá ferramentas especificas para cada situação, isso vai te ajudar bastante nesse processo de libertar-se do medo que aconteça novamente.

Bom pessoal, vamos finalizar aqui com essas pequenas dicas, espero que ajude de alguma forma você ou alguém que você conheça que passa por situações assim com crises de ansiedade.

Abraços sem proxêmica e até o próximo post.

Equipe – Metaforando.

 

*Atenção, esse post não tira a necessidade de você procurar um profissional na área da saúde mental, psicólogos, terapeutas sobre como lidar com ansiedade.

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *