Blog

COMO LIDAR COM PESSOAS VIOLENTAS? 3 SINAIS DE ALERTA!

Existem sinais que indicam que você está prestes a ser agredido por determinada pessoa, fique atento!

Hoje vamos falar de uma situação que aconteceu há alguns meses para tentar entender quais sinais, que ao detectarmos, devemos ficar em alerta para evitar agressões físicas. O caso a ser comentado aqui é de um homem que foi flagrado em público por câmeras de segurança agredindo uma mulher, ele se aproxima sorrateiramente caminhado atrás dela sem que ela o veja, agarra o cabelo da vítima e desfere golpes e a maioria das pessoas ao redor assistindo a cena, saíram de perto, fugindo da situação, isso é uma resposta muito comum, RARAMENTE alguém se envolve em situações de agressão ou violência, porem neste caso tiveram dois homens que foram pra cima do agressor e além de neutralizá-lo deram uma surra no valentão.

Agora vamos entender como é o comportamento de alguém que está prestes a cometer uma agressão com base neste ocorrido, apesar de a culpa ser do agressor e não da vítima há alguns sinais que nós podemos observar como cita o especialista Joe Navarro, que conforme observamos esses sinais podemos evitar o escalonamento de algumas situações de agressão física.

O primeiro sinal que chamou a atenção do perito Vitor Santos ao analisar o vídeo dessa agressão foi o olhar fixo, ou seja, o olhar de predador citado no livro “O Corpo Fala” de Pierre Well e Roland Tompakow que é uma postura de alguém que está “caçando” basicamente é a cabeça projetada pra frente a coluna cervical pra frente, como se lembrasse a imagem de um felino, um tigre, um leão caçando na savana, o olhar fixo é algo que nos remete aos nossos ancestrais primitivos de quando eles caçavam e precisavam ficar de olho na caça, era muito comum esse olhar neles, olhar fixo para suas presas, é o que acontece com uma pessoa que vai nos agredir fisicamente ela não consegue tirar o olhar do alvo, alguém que vai nos agredir dificilmente irá desviar o olhar da vítima, ao contrário vai olhar fixo, o perito pode observar no vídeo que o rapaz fica olhando fixo na mulher, ele esquece e ignora todo o cenário em sua volta e vai apenas em direção ao alvo dele que é a mulher.

FIQUE ATENTO E EVITE ATAQUES DE AGRESSORES: 

Então se você estiver em alguma situação e perceber que tem uma pessoa com o olhar fixo em você e ainda com os olhos arregalados, oque significa que ela está tentando, reter o máximo de informação visual possível, fique atento com essa pessoa. CUIDADO!

O segundo sinal é a movimentação acelerada, nesse vídeo analisado o perito observa uma movimentação acelerada que é o agressor andando muito rápido e chega até dar uma “corridinha” para poder pegar no cabelo da mulher e isso mostra que quando uma pessoa avança em nossa direção com a intenção de agredir ela já está com o enrijecimento muscular causado pelos hormônios como adrenalina, cortisol e catecolamina esses hormônios causam um pico de ansiedade oque dificulta com que ele fique parado, ou seja, uma pessoa que vai brigar ela não vai ficar parada diante da situação ela vai ficar agitada, se coçando, vai ter uma movimentação corporal atípica, mais acelerada, ela telegrafa por meio do nervosismo causado pelos hormônios que ela está tentando conter ao máximo, mas já vai explodir, e é basicamente isso que o agressor desse caso faz, ele está caminhando sorrateiramente atrás da mulher e começa acelerar, dá uma corridinha e ataca, foi observado que ele não consegue conter-se o ímpeto dele é muito forte, ele quer cometer a violência o mais rápido possível. Portanto, se você ver alguém vindo muito rápido em sua direção, CUIDADO! Vale dizer que existe um hábito que você pode ter no dia-a-dia para evitar ser vítima de agressores que é: SEMPRE OLHAR EM VOLTA, então… Vai entrar numa loja, vai sair de uma loja, vai entrar no carro, vai sair do carro? Olhe em volta primeiro, se você já identificou uma pessoa com movimentação acelerada ali você deve sair daquela direção, você muda o percurso e continue observando ao máximo.

E o terceiro sinal que é a redução de proxêmica, quando um predador social quer causar um dano físico, quando ele visa atacar alguém, uma das primeiras coisas que ele faz é reduzir a distância, Proxêmica, significa a distância entre uma pessoa e outra então um predador quer reduzir essa distância porque ele quer mandar em seu espaço, isso entra no contexto social que pra ele é quando domina seu espaço ele domina você, segundo quanto mais pessoal for a motivação dessa pessoa como, por exemplo, ela não gosta de você ou ela tem algo pessoal contra você, quanto mais passional for a motivação dela mais ela vai querer diminuir a distância porque uma agressão a facadas ou até mesmo socos e pontapés são golpes próximos, então quando o agressor tem raiva da vítima e quer transmitir uma mensagem passional ele tende a chegar bem perto, junto dela e golpear, resumindo, pessoa andando acelerada com olhar fixo em você, expressão “estraladona”, diminuindo cada vez mais a distância entre vocês naquele momento? Fica experto! Atento! Porque pode ser um agressor em potencial!

Vitor Santos – Metaforando

 Observou esses sinais? Evite vai para direção oposta dela, procure um lugar movimentado entra num comércio, fica um tempo conversa com os locais, fala oque está acontecendo exponha a situação, diga que está sendo alvo e não tente de maneira alguma seguir na direção do individuo, sempre fazer uma rota alternativa, outra dica é procurar andar por caminhos iluminados com fluxo de pessoas circulando, para evitar tais situações. Porque esse tipo de agressor quando quer cometer um crime, ele vai pensar duas vezes antes de fazer isso na frente de muitas pessoas e o principal, se não tem para onde “correr” mantenha o controle de distância, qualquer pessoa que vai falar sobre defesa pessoal, sobre luta no dia-a-dia vai repetir a mesma frase: CONTROLE DE DISTÂNCIA! Se possível dependendo da situação coloque uma cadeira entre você e o suposto agressor, feche a guarda, levante o ombro baixe o queixo pra não tomar um soco e desmaiar, estica o braço e diga: _Fique longe de mim! Crie essa distância para conseguir se defender e ainda aconselho que você pratique algum tipo de artes marciais para se preparar em situações de risco.

Krav Maga Caveira

Bom pessoal, vamos finalizando aqui com essas dicas de sinais de um agressor, fique atento sempre!

Abraços!

Transcrição Metaforando

POLICIAIS USAM LINGUAGEM CORPORAL EM APREENSÕES?

Será que Linguagem Corporal pode aperfeiçoar a performance da policia em apreensões?

Hoje responderemos uma pergunta que sempre fazem em nosso Instagram @metaforando.vitor e também nos cursos presencias ministrados pelo perito Vitor Santos que é a seguinte: “Vitor, a polícia também usa as ferramentas da Linguagem Corporal? Isso pode ajudar em ações policiais?”

Bom, em alguns locais a polícia não só é ensinada, como treinada de forma oficial, principalmente para cadetes, como também ela é aplicada, por exemplo, fora do Brasil, temos no Reino Unido a Emotional Intelligence Academy-EIA já trabalhando em casos policiais. No Brasil, tivemos uma entrevista recente falando que os números de apreensões da polícia rodoviária federal melhoraram em comparação aos números do ano passado, além de um investimento feito para montar um canil para treinamento de cães farejadores ajudarem identificar drogas, um policial menciona em uma entrevista que estão utilizando técnicas de Linguagem Corporal.

Joe Navarro, ex-agente do FBI e um grande especialista em Linguagem Corporal, muito do que ele montou, principalmente no perfil comportamental de criminosos, como observar linguagem corporal das pessoas com transtornos antissociais e psicopatas, vem da base dele de linguagem corporal, mas já era aplicada quando ele ainda era ativo no FBI também temos, por exemplo, o Dr. Aldert Vrij, professor da universidade da Pensilvânia, além de ser um dos principais psicólogos forenses também trabalhou em casos associados à dissimulação em contextos terroristas. E, claro que temos o grande Paul Ekman, psicólogo americano que tem sido pioneiro no estudo das emoções e expressões faciais, hoje com mais de 85 anos de idade já deu treinamento na CIA, FBI, em aeroportos e também em vários outros contextos associados à psicologia forense, inclusive no primeiro episódio da famosa série LIE TO ME tem uma referência de um caso real que o professor Ekman trabalhou, basicamente neste episódio, mostra o Dr. Cal Lightman, analisando um terrorista, um neonazista suspeito de esconder bombas em igrejas com pessoas negras e essas bombas iriam explodir randomicamente e o FBI precisava saber onde essas bombas haviam sido colocadas, o sujeito interrogado não falava nada e tinha toda uma burocracia de que não podiam mais pressioná-lo a falar mais, então o Dr. Cal estava observando a Linguagem Corporal dele durante o interrogatório e identifica que sempre que perguntado onde estava as bombas, o terrorista, engolia a seco, fazia gestos com o ombro e respirada funda. Pela sua Linguagem Corporal o Dr. Cal Lightman acaba identificando o local das bombas corretamente.

Psicologo Dr. Paul Ekman

Pode parecer bem fantasioso, mas para a biografia do Ekman ele comenta, sobre casos que ele trabalhou inclusive esse caso mencionado no episodio do Lie To Me, é apenas um dos casos concluídos com sucesso em que Paul Ekman trabalhou e auxiliou o FBI através da Linguagem Corporal observada no suspeito. Neste caso do terrorista, por exemplo, quando foram mencionados vários estímulos, determinada palavra o nome de uma igreja especifica, foi um ‘hotspot’, gerou uma emoção, um pico de ansiedade o sujeito alterou a linha de base dele, ou seja, ele estava calmo, quando o nome da igreja em específico foi citado no interrogatório ele fez o gesto que entregou ali o local exato onde as bombas estavam escondidas. Então, mais uma vez com a Linguagem Corporal conseguiram obter a vitória, neste caso poupando vidas de pessoas inocentes.

O especialista em Linguagem Corporal Vitor Santos criador do canal Metaforando, já treinou aqui no Brasil, agentes da lei, juízes, advogados, promotores, esteve ministrando um treinamento intensivo em Detecção de mentira pelo protocolo SCANS para a polícia Militar da Paraíba, oficiais do GATE de negociação. Coronéis também assistiram este treinamento, esteve também no Centro Administrativo da polícia Militar de São Paulo, com treinamentos corporativos para passar ainda mais ferramentas nas mãos de quem trabalha com a lei de forma que possa agregar a performance desses agentes e assim poderem entender melhor com quem eles estão lidando em suas abordagens, como, por exemplo, se é uma pessoa que está expressando medo, mas é inocente a um suspeito que da, o mesmo sinal, mas é incongruente por medo de ser pego mentindo para a polícia. Para finalizarmos esse argumento, vamos mencionar uma pesquisa que é feita no livro Telling Lies de Paul Ekman, o qual ele mostra essa conclusão. Uma pessoa precisa ser psicólogo para avaliar expressões faciais? Ela precisa ser diretamente um agente da lei para conseguir utilizar isso no dia-a- dia dela? Sabem qual o resultado dessa pesquisa? Basicamente, observando psicólogos, entusiastas da psicologia sem formação, policiais, investigadores, advogados, observando o score deles em acertar quando uma pessoa estava mentindo (em exercícios de vídeo) Paul Ekman concluiu que a alteração entre eles era praticamente nula, todos esses profissionais que citamos, sem o treinamento adequado em detecção por micro expressões facial e sem a ferramenta de um protocolo multicanal, como é o caso do SCANS, tem basicamente de 50 a 58% de chance de detectar uma mentira, lembrando que isso é a média certa? Você pode até conhecer uma pessoa sem treinamento nenhum e conseguir aumentar seu percentual em detecção de mentira, temos ainda um estudo “The wizards of deception detection” do Ekman que monstra que tem pessoas com uma pré-disposição natural em detectar mentiras, mas na maioria a média que temos é de 50 a 58% sendo que essa performance pode ser melhorada e pode subir até 70% com treinos diários em detecção de mentiras, então você que deseja estudar essa área e quer se dedicar a ela não precisa ser especificamente um psicólogo, para conseguir detectar um comportamento facial, claro que se você for um psicólogo ou estudante de psicologia, isso com certeza vai somar em seus estudos.

Bom pessoal, hoje foi um comentário rápido sobre dissimulação e o uso de algumas ferramentas usadas para detectar a mentira em várias situações.

Abraços e até breve!

Transcrição – Equipe Metaforando.

ISSO TE FEZ GOSTAR MAIS DO HOMEM ARANHA!

Por mais bem-humorado e carismático que o homem aranha seja nos quadrinhos, nos filmes a coisa já foi bem diferente, por conta de um processo cerebral e emocional já chegamos a considerar o cabeça de teia como estranho e até mesmo sem reação.

Hoje queremos falar sobre o porque gostamos tanto do homem aranha e o que nos faz simpatizarmos tanto com ele, mais do que com outros personagens que usam máscaras, por exemplo os Power Hangers. Vamos entender agora como o ser humano identifica a emoção nos outros humanos, como ele percebe e identifica a região ocular e a região glabelar dos seres humanos, ao longo dos anos com o desenvolvimento de nossa espécie e de outros ancestrais utilizando a face como meio de comunicação, antes mesmo de fazermos um sistema lógico de comunicação conhecido como linguagem, o ser humano já comunicava seus interesses medos e desejos por meio da face. Então imagina que tinha um grupo de ancestrais e esse grupo via um animal feroz vindo em sua direção, sempre tinha um do grupo que tinha que avisar que o perigo estava se aproximando e precisava expressar MEDO na face, então ele esticava o canto dos lábios horizontalmente, esbugalhava bem os olhos para mostrar essa expressão e dentre vários anos de processos evolutivos nós fomos apenas aprimorando a forma de expressar com a face e aprender a ler essas expressões faciais.

Dito isso, queremos perguntar, como que nos lembramos do cabeça de teia do homem aranha nos quadrinhos? Quem se lembra o que acontece com a máscara dele, quando ele fica surpreso? E quando ele fica com raiva? Exatamente! um recurso muito utilizado ao longo dos anos nas histórias em quadrinhos, não só do homem aranha, mas também do Batman, foi o recurso de utilizar os olhos (na máscara dele) para comunicar a emoção que o Aranha estava sentindo porque se não fosse assim nós não conseguiríamos saber o que estava acontecendo debaixo daquela máscara.

Nos vários desenhos exibidos do Homem Aranha na década de 90 podemos também observar isso, ele já fazia essa movimentação ocular comunicando as emoções, gerando a empatia, mas se vermos um ser que não expressa emoção de maneira correta, ou não permite que vejamos movimentação muscular em sua face acharíamos no mínimo estranho. Prova disso é o Dollynho naquele comercial de refrigerante, (risos) brincadeiras à parte vamos continuar aqui falando agora dos filmes do Homem Aranha no começo do ano 2000, que na minha opinião tem um dos melhores roteiros dos filmes do Aranha, mas neles podemos observar que infelizmente a máscara do cabeça de teia não se movimenta, a viseira dele não amplia e nem diminui acompanhando os movimentos da face, deve ser esse o motivo que fez muitas crianças naquela época acharem o Homem Aranha meio assustador, robótico ou meio sem expressão. Já no filme Home Coming tivemos aquela surpresa bem bacana que a viseira do Homem Aranha se movimenta e quando a gente vê uma forma arregalada, mesmo que seja na viseira de uma máscara o nosso cérebro inconsciente, o nosso cérebro primitivo, vai associar aquilo como uma emoção genuína, vai conectar aquela sensação do personagem conosco que estamos assistindo aquele filme, já vimos que a Marvel “manja” muito disso naquele filme “Guardiões da Galáxia” tanto que podemos assistir sem medo que não vamos nos deparar com “seres” sem expressão.

Bom pessoal, como vocês puderam ver as expressões faciais estão em toda parte, até mesmo nos desenhos dos mascarados portanto fiquemos atentos ao que elas têm nos mostrado.

Abraços!

Transcrição – Equipe Metaforando.

DANILO GENTILI ANALISANDO LINGUAGEM CORPORAL?

Danilo Gentili analisou a expressão facial de Guilherme Boulos, e disse que ele expressou “NOJO”. Será que está certo? O que o perito Vitor Santos em linguagem corporal disse sobre isso?

Será que Danilo Gentili acertou a análise de expressões faciais que ele mesmo fez do Guilherme Boulos? Hoje vou falar com vocês sobre um caso curioso que aconteceu em 2019 e saiu até um vídeo sobre esse fato no canal Metaforando (O maior canal de Linguagem Corporal do Mundo) Aconteceu que na ocasião muitos inscritos pediram para analisarmos o apresentador do The Noite, Danilo Gentili em uma publicação que ele fez no Twitter dele analisando as expressões faciais de Boulos para saber se ele havia acertado as análises, vou explicar melhor, em um vídeo do canal spotnicks, Boulos aparece fazendo vários comentários e tem um momento que ele lê um comentário de Danilo Gentili que dizia o seguinte:“_ Quem aqui compraria um carro usado do Boulos?” em seguida Boulos começa a falar em cima desse comentário : “ Danilo Gentili!…Gentili talvez seja a maior expressão hoje no Brasil da corrupção do humor”! Mediante essa fala do Boulos no vídeo, Danilo Gentili rebate e posta em seu Twitter: “O melhor é a cara de Nojinho quando ele fala o meu nome.” Será que ele acertou?

RAIVA: AU 4 – Abaixador de sobrancelhas.
Tensão entre as sobrancelhas. Rugas verticais ou transversais
entre as sobrancelhas. Deslocamento descendente das regiões médio-
interiores das sobrancelhas.
AU 5 – Levantador da pálpebra superior.
Elevação da pálpebra superior. Maior porção visível de
esclera. Maior porção visível da “íris”. Olhos ficam com mais brilho.
AU 24 – Pressionador dos lábios.
Lábios se empurram um contra o outro. Rugas verticais mais
aparentes acima do lábio superior. Região carnuda da boca não
desaparece de vista. Rugas aparentes, também, no lábio superior.
NOJO: AU 9 – Corrugador do Nariz. Caracterizado pela Elevação vertical nas laterais do nariz. Enrugamento
acentuado nas laterais do nariz. Enrugamento na raiz nasal. Leve
deslocamento descendente na região interior das sobrancelhas.
AU 24 – Pressionador dos lábios. Lábios se empurram um contra o outro. Rugas verticais mais
aparentes acima do lábio superior. Região carnuda da boca não
desaparece de vista. Rugas aparentes, também, no lábio superior.
AU 43 – eyes closed. Relaxamento do Levator Palpebrae Superioris

Vamos pontuar aqui oque o perito Vitor Santos relata em seu vídeo sobre as expressões faciais de Guilherme Boulos especificamente naquele momento. Primeiro foi possível observar uma micro expressão facial de raiva, muito provavelmente pela pergunta que foi feita, observamos que a raiva foi direcionada para alguém da produção porque o Boulos nesse momento olha fixamente para alguém com expressão de raiva, depois é possível observar uma micro expressão de nojo juntamente com tensão nos ombros e não visualização, é um comportamento associado a repulsa, ou seja, aquilo que eu não gosto, que tenho nojo, eu evito olhar, e ainda observado uma expressão de desprezo no momento que ele fala o nome: Danilo Gentili, Boulos faz uma expressão caracterizando NOJO, portanto, palmas para Danilo Gentili! Ele realmente acertou o seu comentário do Twitter.
E para finalizar essa análise o perito observa no Boulos mais uma vez a expressão de raiva justamente na parte que ele fala que Danilo Gentili é “a maior expressão hoje no Brasil da corrupção do Humor” quando ele termina a frase ele ainda faz uma expressão de felicidade, naquele momento provavelmente ele estava sentindo superioridade, vale lembrar que raiva em excesso juntamente com nojo pode estar associada a um comportamento chamado ódio que é um comportamento emocional derivado do nojo e que pode se manifestar com a raiva, basicamente no ódio eu passo a não ver mais aquela pessoa como ser humano apenas como um foco de descarga emocional de raiva e nojo veja que essas são emoções nada saudáveis.
Bom pessoal o assunto de hoje foi um breve comentário sobre uma brincadeira feita pelo apresentador Danilo Gentili e que rendeu vários comentários na época, mas vale lembrar que devemos ficar atentos aos sinais, às expressões e a Linguagem Corporal das pessoas em nosso dia-a- dia.


Um abraço e até breve!

Equipe – Metaforando.

Link do vídeo referência do canal Metaforando: https://youtu.be/qg1iZvAfDBM

CHARLES MANSON: PSICOPATA OU GÊNIO?

Será que Charles Manson o famoso assassino em série, mentor da seita da família Manson era apenas um serial killer? Um psicopata? Um assassino? Ou na verdade ele era mesmo um “filósofo”?!

Hoje vamos falar de um dos psicopatas mais famosos da história e assassino em série, o mentor de uma seita assassina; Charles Manson , em agosto de 1969, um integrante do grupo, seguindo ordens de Manson, cometeu uma série de assassinatos em Los Angeles, o mais famoso deles foi o Caso Tate-LaBianca envolvendo a atriz Sharon Tate, que os transformou em figuras mundiais. Mesmo após a prisão de seu líder e dos assassinos que o seguiram, o grupo continuou a ser notícia por roubos e atentados cometidos, até os anos 1970. Manson dá uma entrevista especificamente sobre a forma de como ele se enxergava quando estava falando dele próprio, (isso diz muito sobre a nossa personalidade , quando nos vemos do jeito que pensamos que somos, porque afinal de contas, sempre nos definimos como tal, e as pessoas ao nosso redor nos vê de outra forma).

Num momento dessa entrevista quando repórter fala para Manson que as pessoas que olham para ele 20 anos depois dos assassinatos em serie ocorridos em sua seita, e não fazem ideia do que ele era capaz e pede para ele dizer em uma frase quem ele era, por Charles Manson, e depois dele fazer varias “caretas” ele diz: – “ Ninguém, eu não sou ninguém”  e completa: “ Eu sou um mendigo, um bêbado, um vagabundo, eu sou um vagão e uma jarra de vinho, e uma lâmina muito afiada, se você chegar perto de mim …Eu não quero gastar o meu tempo tendo que trabalhar, eu tenho uma moto e um saco de dormir, e dez ou quinze garotas, por que diabos eu vou sair para trabalhar? Trabalhar pra que? Dinheiro? Eu tenho todo o dinheiro do mundo! Eu sou o rei, cara! Eu coordeno o submundo, cara! Eu decido quem faz oque e onde faz. Porque eu sairia desesperado por aí, só pelo dinheiro de alguém? Eu quem faço o dinheiro, cara! Eu faço as moedas rolarem. Esse jogo é meu!   

A primeira coisa que vamos observar aqui é a forma como os psicopatas gostam de chamar a atenção, isso já é falado em vários outros vídeos e vários estudos sobre o comportamento dos psicopatas os ditos, serial killers, que eles têm essa tendência em chamar a atenção, e ali naquela entrevista, Charles Manson tem um comportamento mais voltado para o narcisismo, então por natureza ele já vai querer se colocar um pouco mais acima, faz as caretas, vai pra cima, eles querem ser percebidos de uma forma não muito “normal” realmente querem ser percebidos como alguém grandioso, é comum pessoas com transtornos narcisistas chegarem atrasadas em festas, eventos, reuniões e darem aquela chegada triunfal, excêntrica , gostam de chegar fazendo barulho, gritando, cantando, fazendo piadas, poses, caras e bocas, ele não aceitam ficar em um ambiente como pessoas comuns, porque não é assim que eles se enxergam, geralmente esse tipo de “ extravagancias diz a respeito da forma de como eles se percebem , acima das pessoas e um grande show a parte do resto que está acontecendo ali.

  O segundo ponto na entrevista é essa fala “filosófica” e o fato dele dizer algo que o faz parecer muito inteligente, a ponto de não conseguirem nem entender oque ele está falando, tipo, nossa será que esse cara é inteligente demais e eu não entendi nada que ele quis dizer? Acontece que muitos psicopatas e pessoas narcisistas tem a falsa ideia de que eles também estão mais capacitados intelectualmente do que o “resto” das pessoas, isso se dá, mesmo que eles não tenham nenhum estudo ou formação, eles apenas se sentem na condição superior, logo eles acham que eles sabem mais e consequentemente eles tem que falar de uma forma diferente do comum, de mandar uma resposta bem filosófica que pareça muito inteligente e muitas vezes eles nem acreditam no que estão falando e nem concordam, é mais pra dar uma resposta fora do comum para parecerem superinteligentes e estão acima de você que não está compreendendo.

O terceiro ponto é a superioridade e ameaça, a linguagem corporal dele quando fala com o repórter é de superioridade, ele se avança na direção do entrevistador e faz uma expressão de desprezo na parte final quando ele diz que pode ser uma lâmina muito afiada. Ocorre que psicopatas muitas vezes se sentem no controle da situação, ele querem se colocar nessa forma de controle, é muito comum que eles se comportem de forma agitada pra criar uma expectativa na pessoa que eles estão conversando, geralmente essa expectativa pode ser uma tensão emocional, uma carga emocional negativa ou positiva, então é muito comum, por exemplo, chefes que são extremamente abusivos antes deles falarem com um funcionário sobre algum assunto de trabalho, eles colocam uma “pilha” antes do tipo: “Você nem imagina oque eu tenho pra falar agora com você, meu amigo, não é brincadeira não, fica esperto viu!” ao invés de ir direto ao assunto ele faz essa pressão para se sentir no controle da situação, o fato dele ver o medo no rosto do seu interlocutor reforça na cabeça dele a ideia de que ele é superior porque ele está conseguindo causar aquele desconforto, aquela sensação de rebaixamento em alguém, então aos poucos a gente conclui que o fato do Manson se mostrar todo intelectual, filosófico botando “panca” na sua resposta, pode perceber que é uma furada porque na verdade ele se revela um verdadeiro narcisista com aquele comportamento que é infantil, com um ego que é voltado apenas pra ele e na segunda parte dessa entrevista que provavelmente foi depois de algum tempo que o repórter deve ter continuado aquele questionamento com ele, Manson já parte para uma fala de que ELE é o CARA todo imponente, na verdade já quebra a ideia da primeira resposta quando ele disse que não era NINGUÉM, dessa fala para EU SOU O REI é muito contraditório certo? Mais uma vez ele reforça a ideia dele nessa segunda parte colocando a tona quem realmente ele é se colocando como um cara superior que domina tudo e todos, não estamos dizendo aqui que ele não tenha sido inteligente, pois o poder de carisma e convencimento do Charles Manson era muito grande, mas em essência era só um cara com vários problemas mentais, conturbado de perfil “infantil” egocêntrico que não dá a mínima pra outras pessoas, ou melhor, não dava porque seu reinado já acabou, com ele morrendo aos 83 anos cumprindo prisão perpétua em 19 de novembro de 2017.

Assim vamos finalizando por aqui, com esse relato de um serial killer muito perigoso e que foi declarado como um CRIMINOSO pelas autoridades.

Até mais!

Transcrição – Equipe Metaforando.

3 SHERLOCK HOLMES DA VIDA REAL – UM AINDA ESTÁ VIVO!

O Detetive fictício Sherlock Holmes já foi trazido a vida por vários atores, desde o saudoso Basil Rathbone até o mais recente e brilhante Benedict Cumberbatch as habilidades dedutivas de Holmes bem como sua memória e a velocidade de seu raciocínio lógico são impressionantes, consideradas sub-humanas e por vezes tratadas como impossíveis de se atingir a realidade, há porem pessoas que conseguem atingir essa capacidade dedutiva, hoje vamos falar para vocês de três delas que já chegaram ao nível sherlockiano da dedução.

  1. O PROFESSOR DE MEDICINA JOSEPH BELL

Dr. Joseph Bell, professor de medicina da universidade de Edimburgo no século XIX teve como seu aluno Sr. Arthur Conan Doyle, o criador de Sherlock Holmes, o próprio Conan Doyle já relatou que a personalidade de seu professor foi a base pra moldar o comportamento de Holmes, ele se baseava em aplicar oque ele chamou de “O Método” para deduzir os seus pacientes, ele dizia que era necessário observar todos os detalhes com cautela, deduzir até que se chegasse a uma hipótese, comprovar a hipótese com evidências sólidas. Além de professor Dr. Joseph Bell era um grande pesquisador no campo da ciência forense, sendo considerado por muitos  o pai das investigações científicas como por exemplo num caso em que ele foi convidado a trabalhar apenas para dar o seu parecer no óbito da jovem Elisabeth Chanthler uma professora de Francês que segundo seu marido havia acordado repentinamente apresentando sintomas de sufocamento como se estivesse engasgada com algo, e quando ele chegou no quarto sentiu um forte cheiro de gás acusando que deveria estar havendo um vazamento de gás devido a um cano quebrado no quarto onde estava Elizabeth, mas Dr. Joseph Bell sentiu que havia algo errado naquela situação, então ele examinou o corpo da jovem que não havia morrido ainda, mas estava em péssimas condições e não sentiu o cheiro de gás emanando de sua boca, por isso decidiu levar a fronha do travesseiro da professora para que pudesse analisar posteriormente. 

 O médico Joseph Bell analisou o caso de perto, algumas horas depois da morte de Elisabeth ele examinou o odor de seus olhos, não era possível sentir cheiro algum de gás e após entrevistar os empregados do casal descobriu que o marido da jovem professora tinha problemas com álcool, embriaguez e era um homem muito violento, então resolveu até, checar as contas dele e descobriu que ele tinha muitas dívidas para pagar, por conta de bebidas e noites em bordéis, descobriu ainda que além dele ser extremamente violento com sua esposa havia feito um seguro de vida pra ela seis meses antes de sua morte, porem foi ao analisar a fronha de Elizabete que o Dr. Joseph Bell encontrou a prova do crime, pelo vômito da jovem ele encontrou amostras de ópio, o mesmo material que ele havia encontrado dias antes no escritório do marido da professora  quando fez uma inspeção secreta na casa do casal e deduziu que aquele produto havia sido comprado poucos dias antes da morte de Elizabeth, ele então foi preso e interrogado e acabou confessando que havia envenenado sua esposa com ópio.

2- JEROME CAMINADA O DETETIVE OFICIAL DE POLICIA  

Filho de Imigrantes nascido e criado em Manchester, Jerome Caminada que foi promovido ainda jovem com pouco mais de 23 anos como detetive oficial da polícia é considerado o verdadeiro Sherlock Holmes da vida real, isso se deve porque o detetive atuou no mesmo período que as estórias de Holmes se passam, durante a era vitoriana, era conhecido por se disfarçar muito bem no meio dos civis e por ter uma dedução aguçada que lhe rendeu uma das prisões mais famosas da história,a de Bob Horridge, considerado o inimigo público número um em Manchester de 1880 um criminoso que atacou fisicamente e roubou cidadãos da cidade Manshester durante 20 anos, e ao ser preso pela primeira vez jurou matar o responsável por sua prisão, o ainda jovem e inexperiente detetive Caminada. Aconteceu que após ser solto, um ladrão habilidoso e violento com suas vitimas voltou a praticar seus crimes sendo absolvido mais de uma vez por falta de provas e evidencias e muitas vezes realizando fugas incríveis como mergulhar num rio e se camuflar após nocautear um guarda policial, ele era praticamente intocável , foi somente em julho de 1887 após Bob Horridge assaltar uma loja de sapatos e quase assassinar dois policiais com arma de fogo que foi autorizada a prisão e perseguição dele e claro foi o detetive Caminada quem pediu para caçar esse criminoso pessoalmente, Bob Horridge fugiu para Liverpool e Jerome Caminada disfarçado como civil local identificou Horridge pela sua Linguagem Corporal ao caminhar e pela maneira suspeita de como segurava a arma, ele espreitou o criminoso e sorrateiramente lhe rendeu com uma arma nas costas dominando o seu inimigo e o sentenciando a cadeia até o fim de seus dias.

3- COLIN CLOUD O ILUSIONISTA FORENSE – SHERLOCK HOLMES DA VIDA REAL  

O Ilusionista Forense Colin Cloud como ele mesmo se denomina é também um mentalista Escocês que possui habilidades congnitivas altamente desenvolvidas como memória, atenção e dedução sendo capaz de deduzir a profissão de uma estranha em uma estação de trem, ao se aproximar dela ele já diz: — Você é Amy, certo? (observando oque estava escrito a caneta no seu copo de café descartável que ela acabara de comprar na cafeteria) deduziu que ela praticava corrida, pois ele observou também seus joelhos e deduziu que a jovem havia lesionado o calcanhar a pouco tempo, ela ficou impressionada! Além disso, o mentalista Colin consegue deduzir que a jovem havia comido espaguete com almondegas na noite passada apenas cheirando suas mãos. Oh! My God! Colin surpreende até mesmo para memorizar a sequência de cartas distribuídas aleatoriamente e ao vivo em um de seus shows, ele também afirma ser um grande fã de Sherlock Holmes e sua formação em investigação forense permite ser tão assertivo em suas deduções quanto o próprio Sherlock Holmes, ele diz que há mais de 10 anos tem estudado sobre comportamento humano e como entender as pessoas, no Reino Unido ele já é conhecido como o atual Sherlock Holmes na vida real e vem mudando a forma de como muitos enxergam a arte do mentalismo e ilusionismo especialmente por ser uma pessoa dedicada a estudos da mente.

Obrigado e continuem conosco!

Transcrição – Equipe Metaforando

QUAL O MAIOR SINAL DE UM MENTIROSO?

Você sabe qual é o maior sinal de linguagem corporal de uma pessoa quando ela está mentindo?

Fala galera! Sou Vitor Santos especialista em Linguagem Corporal, perito técnico das microexpressões faciais certificado internacionalmente pelo Paul Ekman Group, investigador profissional pela CODI-SP e criador do maior canal de Linguagem Corporal do Mundo, o Metaforando. E hoje vou responder uma pergunta que me fazem sempre_ “Vitor, qual é o maior, o mais confiável sinal de mentira na linguagem corporal de alguém?”.

Muita gente tem essa duvida, e oque eu devo observar para detectar esse sinal Vitor? É o olho? A pessoa que olha pra lá e pra cá está mentindo? é o toque? Coçou o nariz, coçou a cabeça, está mentindo?! Ou será uma determinada expressão facial? Oque é? Vamos lá! resumindo, a primeira coisa que eu preciso falar sobre detectar mentiras é oque é na verdade a mentira em si. Basicamente tenho estudado que a conduta dissimulativa, (essa é forma científica de se referir à mentira) é uma sequência de comportamentos tomados de forma deliberada em prol da enganação, o individuo vai alterar e manipular informações criando uma informação nova ou omitir uma informação importante, e omissão também é mentira e tudo isso com o objetivo de enganar alguém e fazer a pessoa acreditar que a versão que ela está contando é a verdadeira, isso é DISSIMULAÇÃO.

Quando a pessoa mente dentre várias outras coisas acaba associando experiências emocionais, por exemplo, ela pode ter medo ser descoberta, pode experiênciar felicidade por estar conseguindo enganar determinada pessoa importante e dentro desses vários processos emocionais há uma tentativa corporal de mascarar a verdadeira emoção conforme descrito no livro “Guetting to the Truth” a pessoa tenta se autocontrolar então o corpo dela controla a emoção que o cérebro pode estar enviando na tentativa de fazer uma estória que seja crível, não querendo revelar a sua verdadeira emoção pela linguagem corporal forçando um autocontrole, assim surgem os sinais não verbais incongruentes; negação com a cabeça, shurag, auto toque, alteração no fluxo de toques, microexpressões faciais, enfim, dentre vários sinais de vários canais especificamente seis canais não verbais aparecem em alguém que está dissimulando.

SINAIS DE UM MENTIROSO? A HORA DA VERDADE!

E você deve estar perguntando: “_Vitor, e qual desses sinais é o mais certeiro para detectar a dissimulação?” Estou escrevendo aqui para te dar à resposta direta e reta que é: – Nenhum deles meus Caros! Exatamente isso, não existe sinal da mentira, já comentei em alguns vídeos do meu canal Metaforando, mas vou resumir aqui, cientificamente dizendo não existe O sinal da mentira, não existe um sinal que indica que sempre que a pessoa faz aquilo ela está mentindo existem sim, análises multicanais, se você quiser analisar só as expressões faciais, tipo só os olhos ou só os gestos, reforço aqui que analisar apenas um canal é pouco para detectar uma incongruência, por isso que a temos o protocolo SCANS (Six Channel Analyses), ou seja, a análise de seis canais, uma análise multicanal conforme a literatura científica tem comprovado ao longo dos anos tem uma precisão muito maior do que analisar apenas um canal, isso falando em detecção de mentira, o próprio artigo do Aldert Vrij bem recente mostra que quando você analisa respostas psicofisologicas, respostas verbais e paraverbais e ainda a linguagem corporal você tem uma precisão maior que 78% em dissimulação, em analisar de forma correta se alguém está mentindo isso analisando todos esses canais que basicamente é o SCANS -6 canais então observem, se você tentar analisar de forma “solo” é complicado você pode não ter precisão em suas deduções.

Agora vamos supor que uma pessoa queira pegar um sinal aqui outro ali e pronto concluir que aquela tal pessoa dissimulou com apenas algumas informações de sinais, ela não poderá afirmar se essa pessoa está mentindo de fato, Conforme pesquisas também sustentadas no protocolo SCANS, inclusive baseadas em outros estudos sobre neurorespostas da neurociências mostram que nosso cérebro reage até 7 segundos após um estímulo, de forma majoritária as respostas serão associadas aquele estímulo, a partir deste princípio criou-se a regra 3-2-7 inclusive tenho um vídeo especifico no meu canal Metaforando, essa regra é utilizada para que você analise corretamente a dissimulação e conclua com mais precisão, ela diz que você precisa de pelo menos 3 sinais não verbais diferentes que sejam de pelo menos 2 canais diferentes em até 7 segundos após um estímulo crítico, enfim eu trouxe toda essa informação aqui para falar para você que NÃO existe o famoso sinal matador, não existe! Eu até gostaria de falar pra você caso ele existisse, mas aí não teríamos as análises dos peritos como eu, seria muito fácil de detectar mentiras, tipo fez tal sinal=mentiu, não definitivamente não é tão mamão com açúcar assim.

E tem outro conceito que vou deixar aqui para vocês associando essa ideia de que além da linguagem Corporal é necessário que vocês cultivem o hábito de “Gathering information” traduzindo é o acúmulo de informações é você reunir mais informações, esse conceito é muito utilizado no meio policial no meio de investigações que é basicamente você não se contentar com apenas uma fonte de informações, por exemplo, eu posso obter informações apenas observando a linguagem corporal, esse é um ponto, uma outra forma de colher mais informações é você aplicar o conceito do Gathering information vai obter informações, por exemplo, pesquisando mais sobre o caso através de buscas de notícias e matérias na internet, procurando num banco de dados, por exemplo no JUSBRASIL ver como está o caso dessa pessoa na justiça, ou seja, sempre obter o maior número de informações possíveis utilizando de várias fontes que estão a nossa disposição, esse conceito inclusive foi passado em minha graduação profissional de detetive e que eu também utilizo até hoje nas minhas análises e trabalhos específicos de investigação, portanto meus caros lembrem–se sempre de procurar explicações que tenham embasamento científico, procurar mais de uma explicação, ver mais de um canal, não só linguagem corporal, veja sobre investigação, faz uma busca num canal jurídico a respeito da pessoa em qualquer caso que você queira analisar certo?!

É isso! finalizo aqui espero que vocês usem essas ferramentas para se precaverem de pessoas dissimuladas.

Transcrição – Equipe Metaforando.

COMO DETECTAR MANIPULAÇÃO VERBAL?

Existe um sinal específico de pessoas que querem manipular você tome cuidado com esse sinal.
Fala galera! Sou Vitor Santos especialista em Linguagem Corporal, perito técnico das microsexpressões faciais, certificado internacionalmente pelo Paul Ekman Group, investigador profissional pela CODI-SP e criador do maior canal de Linguagem Corporal do Mundo, o Metaforando. Hoje vamos falar sobre manipulação verbal. Você sabia que existe uma fala especifica que todo manipulador usa? É preciso tomar muito cuidado e evitar se relacionar com pessoas que usam esse tipo de frase: “QUERO FALAR COM VOCÊ SOZINHO”.

Hoje vou falar sobre um assunto sério de como pessoas manipuladoras se dirigem verbalmente às pessoas com quem elas se relacionam para que você fique atento e evite ser enganado por elas, recentemente eu estava assistindo a um vídeo no YouTube quando me deparei com um daqueles vídeos clássicos que você já deve ter visto onde um bandido, normalmente alguém que está preso, acaba ligando para uma pessoa e dizendo que sequestrou um parente dela, um filho, por exemplo, talvez você até conheça alguém que já caiu nessa espécie de golpe, onde o bandido diz que está com o filho dela e só vai liberar ele se a pessoa fizer um depósito de X valor em sua conta, inclusive teve registros de pessoas que já morreram de ataque no coração ao receber esse golpe, porem o vídeo que eu assisti foi um pouco diferente, Como isso aconteceu? esse bandido acabou ligando para um policial federal e entre vários momentos de conversa o bandido acaba obviamente sendo revelado pelo policial, mas uma fala daquele bandido me chamou muita atenção especificamente porque esse é um tipo de ação que o bandido aplica, uma estratégia verbal muito comentada em livros de segurança, defesa pessoal, defesa emocional contra pessoas manipuladoras, por isso resolvi vir aqui no “blog” alertar vocês , porque esse tipo de fala pode acontecer em nosso dia a dia e não necessariamente vai ser em uma ligação de golpe falando que está com um parente teu, (até porque dependendo do parente você fala: -pode ficar e vê se não devolve, rs) brincadeiras a parte e falando ainda sobre caso do vídeo, vamos para a fala especifica no momento quando basicamente de forma resumida o bandido fala para o policial, -“ Vai para uma área que não tenha ninguém, restrita e fique sozinho para gente poder conversar” e qual é a armadilha por trás dessa frase? Conforme consta no livro: Dangerous Personalities um livro escrito por Joe Navarro um ex agente do FBI, um criminal Profile, diz que pessoas manipuladoras tendem a tentar diminuir nosso poder racional, nosso fator critico e aumentar o nosso fator emocional , isso porque quando estamos emocionados dificilmente a gente contraria ordens, assim, se eu estou emocionado , com muito medo, muito triste acabo me rendendo a propostas e ordenanças de acordo com essas emoções momentâneas, enfim, quando estamos muito emocionados a tendência é que a gente racionalize menos e avalie menos os riscos e por consequência disso fica mais fácil de sermos manipulados , mesmo porque também é uma estratégia que os manipuladores aplicam para que você não tenha acesso a informações e não converse com outras pessoas na hora da ligação para não acontecer, por exemplo de você ou seu amigo fazer uma rápida busca na “internet” e constatar que esses tipos de golpes são os mais comuns e ainda te orienta a como não cair neles.

Portanto, vamos nos atentar a categoria de pessoa que sempre vem com essa fala: vamos ficar a sós, preciso falar com você sozinho, trata-se de um sinal de pessoa manipuladora, ela está usando sua ferramenta persuasiva para que a única fonte de informações que você possa ter naquele momento seja ELA então será muito mais fácil que ela consiga fazer você ficar num estado emocional ou num estado de crença que você acabe cedendo à manipulação com muito mais “fervor” Veja, por exemplo, o famoso serial killer Ted Bundy americano, dentre várias abordagens que ele usava uma delas era, primeiro sair para dar uma volta para conversar com suas vítimas, ele passeava com as moças se distanciava com elas para ter um ambiente onde ninguém poderia interferir em suas investidas criminosas e fatais, vale falar que o fato de uma pessoa manipuladora estar perto fisicamente de você infere diretamente na forma que você passa a vê-la, geralmente pessoas manipuladoras tentam reduzir a proxêmica, ou seja, a distância física entre vocês isso ocorre porque basicamente a nossa distância mostra também o quanto estamos submissos ou superior a outra pessoa, veja, dificilmente você vai chegar muito perto de um policial, porque aquela figura é vista como uma figura de autoridade, porem ele não tem problema nenhum em chegar perto de você porque representa autoridade e socialmente é vista por nós como superiores por não sermos policiais, é basicamente assim que os manipuladores também fazem, usam de postura de autoridade para chegar perto de você, eles estufam o peito,tentam parecer maiores e entram no seu território, seu espaço e a tendência é que quanto mais elas vão chegando perto mais você vai deixando de se afastar e acaba que em seu subconsciente você aceita que aquela pessoa pode entrar em seu território, ou seja, você está gradualmente cedendo uma linguagem corporal de pessoa submissa e dando a entender que o outro é superior, por isso tente sempre manter a distância física de pessoas que Insistem em ficar sozinha com você, cuidado! Pois, quando está no coletivo, dificulta que essa pessoa te manipule, porque mais de uma pessoa pensando significa mais de um tipo de pensamento, mais uma teoria.Voltando sobre o golpe por telefone, se você está recebendo a ligação perto de outras pessoas e conta para elas que seu filho foi sequestrado e você esta sendo obrigada a fazer uma transferência para o bandido, seu amigo vai te informar que pode ser um golpe e vai te dar ideias para negociar e descobrir se é de fato um sequestrador, porque seu amigo não está na situação, não está envolvido emocionalmente a tendência é que ele tenha uma visão mais racional e pode te ajudar ali naquela situação.

Outro fator é a imprevisibilidade de uma reação em massa, quando você está lidando com uma pessoa manipuladora ela sabe facialmente prever sua emoção quando você está sozinha, mas quando você está com outras pessoas te ajudando é diferente, é mais difícil ela te manipular, pois terá que pensar no que vai ter que falar para controlar aquele grupo, uma pessoa manipuladora quando esta conversando com um grupo fica maior a oportunidade de ela ser exposta e ter descobrida sua armação, basicamente porque a demanda de atenção e o esforço cognitivo que ela tem que fazer com a memória quando lida com mais pessoas é bem maior do que com uma sozinha, porque o manipulador tem que ter uma estratégia muito bem articulada para que ele não cometa um erro e acabe entregando o golpe.

Por isso reforço aqui, se por acaso você já identificou um manipulador perto de você: TOME MUITO CUIDADO COM PESSOAS QUE INSISTEM EM FALAR COM VOCÊ SOZINHO, E QUEREM TIRAR VOCÊ DO CONVÍVIO COM OS AMIGOS E FAMILIARES, fique em alerta e sempre avise seus familiares onde você está indo, converse com eles deixe que saibam o que está acontecendo em tais situações e fique atento, e por norma o aviso que nós recebemos dos especialistas em segurança para essa categoria de pessoa manipuladora é: SE AFASTE, evite contato, não dê conversa e não permita que se aproxime, pois, geralmente elas tendem a insistir até que consigam o seu objetivo que é manipular você! Então fique atento.Bom pessoal obrigado! Vou finalizar aqui e espero que vocês aproveitem as dicas de hoje e fiquem bem atentos e reajam da maneira correta ao se depararem com manipuladores! Até breve

Transcrição -Equipe Metaforando

UM MENTIROSO NÃO OLHA NOS OLHOS?

Será que um mentiroso não consegue mesmo olhar nos teus olhos quando ele está mentindo? Vamos descobrir!

Fala galera! Sou Vitor Santos especialista em Linguagem Corporal, perito técnico das micros expressões faciais, certificado internacionalmente pelo Paul Ekman Group, investigador profissional pela CODI-SP e criador do maior canal de Linguagem Corporal do Mundo, o Metaforando. E hoje vamos falar sobre uma pergunta que não quer calar e, sempre me fazem: “Quando uma pessoa desvia o olhar quando esta conversando com você e olha dos lados é porque ela está mentindo, Vitor?”

Hoje, quero comentar com vocês sobre uma situação que eu passei ao vivo no programa TV Fama, onde fiz uma participação para falar dos critérios da  Linguagem Corporal do caso Felipe Prior, e durante o programa, os apresentadores Nelson Rubens e Flavia, ficaram falando várias coisas sobre Linguagem Corporal antes da minha entrada ao vivo e, até mesmo depois da minha participação, o Nelson soltou uma informação no programa sobre Linguagem Corporal que fiz questão de comentar em um vídeo do meu canal e esclarecer essa informação. Em um dado momento do programa, ele disse: “… é a linguagem do corpo, dizem até que o olhar da pessoa que esta mentindo fica mudando de foco, ela não consegue encarar a câmera, juiz, advogado, ela olha para cima, olha para baixo, são sinais, entenderam?”

Basicamente, ele citou aquela ideia que muitas pessoas têm de que quando um mentiroso vai mentir para você: que dificilmente o mentiroso vai olhar nos teus olhos, que ele vai tentar toda hora desviar o olhar. E é uma ideia que até faz sentido, muitos pensam dessa forma de que se a pessoa não olhar para sua “cara” ela está mentindo, mas será que é por aí mesmo?

A primeira coisa que você precisa entender é o que significa olhar nos olhos de alguém. No livro O Corpo Fala, diz que o olhar denuncia, ou seja, evidência o nosso interesse. Muitas vezes em uma situação, quando você vê uma pessoa olhando para outra só de “rabo de olho”, ela pode estar mostrando interesse de forma “velada”. Então, se nós entendemos que o olhar demonstra interesse e se uma pessoa está falando algo para você e quer transmitir a ideia de que está falando a verdade, será mais convincente ela ter uma Linguagem Corporal que demonstre que ela está realmente interessada naquela conversa. O olhar diretamente nos olhos é também utilizado como forma de persuasão, inclusive, muitas negociações recomendam a utilização da oculésica mirando no triangulo da face entre as sobrancelhas e o topo do nariz e, olhando nesse lugar você vai telegrafar uma mensagem social. A oculésica mostra que se você está em uma negociação ou entrevista de emprego, por exemplo, o fato de ficar olhando para a boca da pessoa vai deixa-la intimidada, e essa imagem pode remetê-la a uma atração nada comercial, o que seria desagradável de acontecer. Mas você deve estar se perguntando, o que isso tem a ver com que o Nelson Rubens falou sobre a pessoa desviar o olhar ela pode estar mentindo? Bem, existe um critério, o B5 (Quebra de contato visual) no protocolo de análise SCANS, que fala que quando a quebra de contato visual é momentânea e com outros canais verbais, lembrando sempre da regra 3-2-7, ou seja: ao menos três sinais incongruentes em até dois canais diferentes.

Porém, existe um artigo muito curioso do Aldert Vrij, que ele vai especificamente nesse mito popular, se a pessoa mente quando ela desvia o olhar (Artigo: Windows to the Soul? Deliberate Eye Contact as a Cue to Deceit). Basicamente, o objetivo desse artigo era estudar de forma cientifica, se era possível validar um desvio de olhar como um critério indicador de dissimulação. Então, o professor Aldert Vrij e outros especialistas, realizaram uma pesquisa em um aeroporto internacional, nesta pesquisa participaram cerca de 338 passageiros que responderam um questionário verbal, uma espécie de entrevista e quando chegasse num momento da entrevista que os passageiros tivessem que falar sobre o próximo destino deles, foi orientado que eles mentissem ou falassem a verdade. Assim sucederam às entrevistas, e tudo foi checado para constar a veracidade dos fatos, então eles conseguiram observar (checando os vouchers) o que acontecia em sua linguagem corporal quando um passageiro falava a mentira ou a verdade sobre a próxima viagem, se ela desviava o olhar na mentira ou não. Os achados dessa pesquisa foram totalmente em sentido contrário do mito popular, os codificadores dessa pesquisa, mostraram que: as pessoas que dissimulavam tendiam a olhar 30% mais para o interlocutor do que ficar desviando o olhar, ou seja, a pessoa que mentiu olhou mais para o seu interlocutor do que as que estavam falando a verdade. Isso pode ser explicado por uma possível crença comum, que é justamente essa de que ela não pode mentir quando olha no olho, então, nesse caso, o mentiroso olha um pouco mais para o interlocutor para compensar esse fato.

E o segundo ponto interessante dessa pesquisa: é que não apenas eles olham de forma deliberada mais vezes, como também evitam muito desviar o contato visual do que as pessoas que estão falando a verdade. Pois, as pessoas que estão falando a verdade não tem esse problema, geralmente ela vai quebrar o contato visual sem preocupação, mas a pessoa que está mentindo ela tem uma tendência maior em não quebrar o contato visual, isso pode ser chamado de FACIAL FEEDBACK, que diz que quando a pessoa está contando uma mentira, precisa olhar nos seus olhos para ver se você está acreditando naquilo que ela está contando. Como vocês puderam constatar, essa pesquisa mostra que não é 100% garantido de que um mentiroso vá desviar o olhar conversando com você, muito pelo contrário, é bem mais provável que ele faça exatamente o oposto e fique focando o olhar em seu rosto, quando ele estiver conversando com você e dissimulando. Então, vale ficar atento e, como sempre reforço: não existe um único sinal da mentira!

Bom galera, espero que tenha ficado esclarecido pra vocês esse mito popular do mentiroso, agora é só ficar de “olho” neles.

Transcrição – Equipe Metaforando.

O SORRISO REAL DE UMA PSICOPATA!

Fala, galera! Sou Vitor Santos especialista em Linguagem Corporal, perito técnico das micro expressões faciais, certificado internacionalmente pelo Paul Ekman Group, investigador profissional pela CODI-SP e criador do maior canal de Linguagem Corporal do Mundo, o Metaforando. E hoje vamos falar sobre Louise Woodward, uma psicopata que demonstrou uma certa expressão facial ao falar de sua vítima. Seria esse um sorriso de felicidade? 

Se uma pessoa acusada de matar um bebê viesse até você dizer que ela é inocente e, você observasse um sorriso de felicidade na sua face, você acharia que ela é inocente ou que ela está feliz em pensar que está conseguindo te enganar? Hoje vou falar com vocês sobre um antigo caso, que aconteceu em 1997. Uma babá foi acusada de matar um bebe de oito meses Mathew Eappen, chacoalhando ele por mais de um minuto, o que fez o cérebro do bebezinho se achatar contra o crânio dele, mesmo sendo levado para o hospital o bebê veio a óbito.

Louise Woodward começou a trabalhar como babá para a família Eappen em Newton, Massachusetts em 1997, a jovem Louise também era atriz. Os relatos dizem que a família Eappen, andavam receosos em continuar com os serviços de Louise e chegaram até a discutir com ela, houve vezes que a jovem chegava altas horas da madrugada, ficava até tarde nas festas com amigos e voltava para trabalhar muitas vezes no amanhecer do dia, chegava fazendo barulho, até que os pais do bebê Mathew chegaram a impor limites colocando horário para chegada, caso ela quisesse garantir o emprego de babá.

Ao que tudo indica Louise, começou a ter discussões diárias com os pais do bebê Mathew. Porém, um dia em que a babá se encontrava sozinha na casa com a criança algo de muito ruim acabou acontecendo, o bebe morre. Diagnosticado por Shaken Baby Syndrome, ou melhor dizendo, síndrome do bebe chacoalhado, Louise foi condenada a 15 anos de prisão.  

Mas o que vou destacar neste caso é a micro expressão facial no rosto de Louise Woodward. Expressão que se você estivesse ali naquele momento e observasse, poderia ter feito toda a diferença e, isso teria agilizado todos os processos judiciais. Eu quero citar aqui que quando eu estava analisando o vídeo de depoimento da babá, quando ela aparece pela primeira vez falando com a imprensa dando a cara a tapa, dizendo que não é culpada, que não havia agredido Mathew, mas especificamente, quando ela cita o bebê dizendo: “Eu não matei o Matthew Eappen”, consigo observar alguns critérios em sua face na região das bochechas e nos cantos dos lábios, como a elevação no canto dos lábios, o acumulo de pele na região das bochechas e o deslocamento da pele no topo das bochechas em direção aos olhos: uma micro expressão facial de felicidade.

Vale dizer, que Louise passou também pelos polígrafos que na época atestaram que ela não estava mentindo. Esses testes foram solicitados pelo advogado dela, mas como o escritor Paul Ekman, fala em seu livro Telling Lies: o próprio polígrafo tem uma taxa de acurácia, ou seja, uma taxa de precisão inferior a um técnico em Linguagem Corporal e micro expressões faciais. A precisão de um poligrafo é de 76 à 79 %, enquanto que a precisão de um técnico chega a 89%. Inclusive é do próprio Ekman, a precisão de 89%. Portanto, como você pode ver devemos sempre estarmos atentos aos detalhes que a Linguagem Corporal nos mostra, as vezes, se esse sorriso de felicidade fosse mostrado pela babá em momentos que a criança estava chorando ou irritada, tivesse sido observado pelos pais do pequeno Mathew, eles poderiam ter evitado que a babá continuasse a cuidar do bebê e hoje ele estaria com vida.

Atenção, as vezes essa expressão de felicidade pode estar sendo expressado por uma pessoa que está com você no seu dia-a-dia ou até mesmo por alguém que você acha que é seu amigo, ou colega de trabalho e a intenção dessa pessoa é te causar mal ou algum dano irreparável e, você simplesmente não percebe, por isso mais uma vez eu digo: atenção aos detalhes.

Bom galera, eu finalizo aqui e espero que vocês estejam cada dia mais atentos em tudo e em todos!

Abraços, sem proxêmica íntima!            

Transcrição – Equipe Metaforando